MENU

1 de março de 2014

POR QUE A CORREÇÃO DE DEUS DÓI TANTO ?

Deus nos corrige porque nos ama e porque nos tornamos filhos Dele, através de Jesus. Veja: "Se vocês não são disciplinados (e a disciplina é para todos os filhos), então vocês não são filhos legítimos, mas sim ilegítimos." (Romanos 8:12)

Muitas pessoas pensam que Jesus veio à terra somente para reconciliá-las com Deus e com isso realizar todos os seus desejos. Elas estão certas até certo ponto. Jesus veio sim, para morrer pelos nossos pecados e com isso nos levar de volta ao Pai. (Hoje não somos apenas cristãos. Nos tornamos filhos de Deus!) Mas não podemos esquecer de que Deus, como um Pai amoroso, tem um propósito MUITO MAIOR do que apenas realizar nossos sonhos e vontades. A Bíblia diz que Ele quer nos amadurecer na fé e mudar nosso caráter, para sermos parecidos com Seu Filho. (Romanos 8:29)

Muitas vezes o Senhor nos confronta, permitindo que cheguemos a situações difíceis de lidar, no qual não conseguimos enxergar a saída. Chegamos a pensar que é o fim de tudo. Então, em nossa ignorância espiritual, não conseguimos enxergar a beleza e o valor da correção de Deus!


A Bíblia diz que o Pai não apenas corrige, mas também açoita o filho a quem ama. Veja:

"Porque o Senhor corrige o que ama, e açoita a qualquer que recebe por filho." (Hebreus 12:6) 

Correção dói, não tem anestesia, é na prática. Porque só assim crescemos com responsabilidade. Vida cristã não é uma brincadeira e nem questão de "status" como muitos pensam. A teoria é linda, mas a prática é bem dolorosa. Significa carregar a cruz e se pendurar nela diariamente, matando sua natureza carnal, orgulhosa, egoísta, invejosa, amante deste mundo... e mais um monte de coisas. Cruz e Cristianismo são sinônimos. É preciso MORRER PARA SI MESMO, PERDOAR INCONDICIONALMENTE, AMAR QUEM NÃO NOS AMA E OBEDECER!

Mas vale a pena quando enfrentamos a luta e vencemos. Cristianismo dói na carne, mas LIBERTA o espírito!

Boa vontade todo mundo tem, mas e na hora da prática? Você já deve ter ouvido esta frase: "Carregar Jesus no peito é fácil. Difícil é ter peito pra carregar Jesus".

É por isso que o Senhor nos disciplina. Ele quer o nosso bem! Ele sabe que se aceitarmos a correção, não tomaremos decisões erradas, teremos um coração mais puro, andaremos em santidade, estaremos livres de frustrações e alcançaremos a salvação. Quantas vezes Deus disse NÃO e você ficou emburrado? Talvez Ele estivesse te livrando de grandes sofrimentos!

A maioria dos cristãos não desfrutam de uma vida prazerosa com Deus porque não buscam entender os Seus propósitos e abandonam tudo, ao invés de aceitar as correções do Pai. Que você possa experimentar o quanto é bom receber a disciplina do Senhor! 

Abra seu coração e medite nessa passagem:

"Vocês se esqueceram da palavra de ânimo que ele lhes dirige como a filhos: "Meu filho, não despreze a disciplina do Senhor, nem se magoe com a sua repreensão, pois o Senhor disciplina a quem ama, e castiga todo aquele a quem aceita como filho". Suportem as dificuldades, recebendo-as como disciplina, Deus os trata como filhos. Pois, qual o filho que não é disciplinado por seu pai?

Se vocês não são disciplinados, e a disciplina é para todos os filhos, então vocês não são filhos legítimos, mas sim ilegítimos. Além disso, tínhamos pais humanos que nos disciplinavam, e nós os respeitávamos. Quanto mais devemos submeter-nos ao Pai dos espíritos, para assim vivermos! Nossos pais nos disciplinavam por curto período, segundo lhes parecia melhor, mas Deus nos disciplina para o nosso bem, para que participemos da sua santidade.

Nenhuma disciplina parece ser motivo de alegria no momento, mas sim de tristeza. Mais tarde, porém, produz fruto de justiça e paz para aqueles que por ela foram exercitados. Portanto, fortaleçam as mãos enfraquecidas e os joelhos vacilantes. "Façam caminhos retos para os seus pés", para que o manco não se desvie, mas antes seja curado. Esforcem-se para viver em paz com todos e para serem santos; sem santidade ninguém verá o Senhor. Cuidem que ninguém se exclua da graça de Deus. “Que nenhuma raiz de amargura brote e cause perturbação, contaminando a muitos.” (Hebreus 12:5-15)

Fonte: Pastor Antônio Junior



Um comentário:

Nathally Sabrina disse...

~~Edificante..me ajudou muito
amém.